Notícias
30/07/2013
Fonte: Jornal Estado de Goiás

Viaduto, obra tão esperada
O viaduto do trevo de Distrito Agroindustrial de Anápolis (Daia) por muitos anos foi a principal pauta de reivindicação da classe empresarial, trabalhadores e a população de uma maneira geral. Iniciada neste ano, a obra promete amenizar um dos principais gargalos do trânsito na saída sul da cidade.

 

A resolução não será completa somente porque o projeto não foi feito com alças de acesso, o que facilitaria a vida dos trabalhadores do Daia, evitando assim a rotatória prevista hoje e que promete represar o fluxo de veículos em alguns momentos de maior movimento.


O viaduto é uma obra do Governo Federal e já começa a ganhar contornos, com algumas estruturas surgindo por traz dos tapumes. Desvios, congestionamentos, atrasos e esperas: tudo isso é enfrentando diariamente por quem passa pelo trecho onde é construído o elevado.


No entanto não são problemas que sacrificam a paciência dos condutores. Motoristas, sejam eles a passeio ou a trabalho, encaram a situação apenas como os últimos obstáculos a serem enfrentados para que o tão esperado viaduto do Daia saia do papel.


A proposta do viaduto é eliminar os congestionamentos gerados no início da Avenida Brasil Sul. A obra também representa grande importância logística para o município e região. Localizada estrategicamente na entrada do Daia – distrito que abriga algumas das maiores indústrias do país – facilitará o escoamento de cargas do Porto Seco Centro-Oeste, a terceira maior unidade em movimentação financeira, de cargas e em tamanho, em todo o Brasil.


Os benefícios vão além da agilidade no fluxo de veículos. O elevado ganha mais importância quando analisado ao ponto de vista da segurança. Segundo o Ministério Público Federal de Goiás, o trecho onde é construído o viaduto concentra 40% dos acidentes entre os quilômetros 84 e 102 da BR-060, sendo que 80% das ocorrências são em horário de pico. De acordo com dados do Ministério dos Transportes, o viaduto do Daia vai beneficiar um trecho nas BRs-153/060 onde circulam diariamente 48 mil veículos.


O investimento total do empreendimento será em torno de R$ 24,5 milhões e faltam cinco meses para a conclusão da obra. O viaduto integra um conjunto de obras que fará da região sul da cidade um cartão postal. Além do elevado o local vai receber o Parque da Cidade e o centro de convenções. Em pouco tempo quem passar pela cidade vai ter real impressão de que Anápolis é caminho para ser uma metrópole, que desponta no Centro-Oeste.
 

Tempo no Porto

21º C
Umidade do Ar: 87%
Sensação Térmica: 16º C
Velocidade do Vento: 8 Km/h
Máx Rajada de Vento: 14 Km/h
Fonte: Estação Meteorológica localizada no Porto Seco Centro Oeste.
Tempo no Porto
Confira as Máximas e Mínimas de hoje
  Mínima Média Máxima
Temperatura:
0º C 21º C 27º C
Umidade do Ar:
0% 79% 100%
Sensação Térmica
14º C 19º C 24º C
Velocidade do Vento:
0 Km/h 6 Km/h 13 Km/h
Fonte: Estação Meteorológica localizada no Porto Seco Centro Oeste.